Como morar nos EUA e viver o sonho americano é a meta de vida de muitos indivíduos. Não importa de onde sejam, em qualquer local do Brasil haverá alguém querendo imigrar e batalhar a vida na famosa América!

Como morar nos EUA: Tudo o que você precisa saber!

como-morar-nos-eua

Seja procurando emprego ou mesmo com vontade de empreender, conseguir o tão sonhado visto americano ou mesmo o Green Card não é uma tarefa necessariamente fácil e requer muita paciência.

Apesar de todo esse sonho, você já sabe o que fazer para entrar nos Estados Unidos? Tem um plano para isso? Não? Se você começou a pesquisar a respeito disso agora, chegou ao lugar certo!

Vamos falar um pouco sobre o processo de como morar nos EUA, afinal de contas, se fosse simples todos fariam. O objetivo desse texto não é o de entregar em suas mãos uma fórmula mágica para o sonho americano, mas te capacitar para seguir os seus sonhos nos EUA.

Pronto para aprender o passo a passo para como morar nos EUA? Vamos lá então!

 

Dicas interessantes que você pode se atentar

Para fazer a sua ida para os Estados Unidos dar certo, é sim necessário investir dinheiro. Chegar aqui com uma mão na frente e outra atrás não será um bom ponto de partida.

É importante juntar dinheiro enquanto se pesquisa em como morar nos EUA e ter o foco para atingir suas metas, superando as adversidades, acredite, mudar pra outro país é cheio delas.

Reiteramos que é muito importante ter pelo menos 3 meses de despesas pagas ao se mudar. Isso porque retira de você a pressão de conseguir colocar comida na mesa e te dá tempo de procurar por aquilo que você realmente quer.

Antes de saber como morar nos EUA, não esqueça que você não conseguirá viajar para os EUA sem passaporte, esse deve ser o primeiro documento a se providenciar, até porque, ele é necessário para concessão do visto.

Também tenha em mente os gastos para tirar o visto e também onde estão localizados os consulados dos EUA no Brasil. Para muitos isso quer dizer uma viagem.

Há sempre a possibilidade de contratar nossa assessoria para lidar com essa parte para você, caso você sinta que não consegue acompanhar a tecnicidade do pedido, fique tranquilo podemos lhe ajudar a descobrir a como morar nos EUA.

Preço da passagem é também um fator muito importante. Uma dica para encontrar os melhores negócios é pesquisar passagens em ferramentas que procuram em toda a internet por passagens com os melhores preços. A exemplo do PassagemPromo

 

Vamos ao Planejamento adequado para MORAR NOS EUA

como-morar-nos-eua

Bem, agora que já falamos sobre a sua motivação de morar nos EUA, assim como algumas dicas importantes para se atentar, vamos ao passo a passo de como morar nos eua!

Esses passos não são nenhuma novidade, diversas pessoas já o conhecem e vários outros blogs já comentam sobre ele, contudo, resolvemos mastigar toda essa informação para que você possa aproveitar todo esse conteúdo de forma bem mais didática, afinal de contas, sabemos que esse não é um processo fácil.

Bem, já devemos deixar avisado que como morar nos EUA não é um processo rápido de acontecer e ler o nosso texto na íntegra não irá, magicamente, fazer as coisas que falamos aqui acontecerem.

Será necessário bastante dedicação para fazer os seus sonhos virarem realidade. Vamos começar?

 

Os principais vistos para aprender como morar nos EUA

Quando se pensa em como morar nos EUA, normalmente os vistos abaixo são as escolhas ideias:

como-morar-nos-eua

 

Visto de turista

É o visto mais fácil de se conseguir, sem muitas exigências, porém o processo é um pouco burocrático e caso sinta-se inseguro em fazê-lo, uma assessoria como a nossa pode te ajudar a garantir sua aprovação antes de gastar com a aplicação consular no Brasil que não é barata.

Você geralmente será admitido na imigração americana com permanência de 6 meses no país, esta permanência poderá ser estendida por até 2 anos com visto de turista ou indeterminadamente com visto de estudante, porém não se anime, a comprovação e processo desta extensão aqui nos EUA são burocráticos, podem ser demorados e dificultar sua reentrada no futuro ao país.

Este visto é ideal para quem está em busca de como morar nos EUA, deseja uma experiência de alguns meses nos Estados Unidos, podendo ser estendida, porém atividade remunerada não é autorizada durante sua permanência e comprovação de valores para financiar sua estadia em solo americano deverá ser apresentada.

 

Visto de estudante

Quanto ao visto de estudante (chamado também de F1 ou F2 para os dependentes), para quem quer saber como morar nos EUA estudando, o processo de aprovação é um pouco mais criterioso, não permite que o indivíduo tenha atividades remuneradas nos Estados Unidos. A menos que a própria instituição de ensino as ofereça, você também receberá o importantíssimo Social Security da escola caso seja admitido para a vaga, mas não crie muitas expectativas, recentemente não são todas as escolas que emitem o documento e os salários também serão uma “ajuda de custo”.

Ademais, esse visto pode ser constantemente transferido entre instituições de ensino, por exemplo, do ensino de línguas para o curso superior em uma faculdade e depois para um mestrado visto que a validade dele é de até 4 anos podendo ser renovado, ótima opção para quem quer saber como morar nos EUA.

Muitas escolas de inglês nos EUA que emitem o documento I-20 para emissão do visto de estudante possuem horários flexíveis, turmas pela manhã, a tarde e a noite, com carga horária exigida de 20 horas semanais de segunda a quinta.

 

H2B ou visto temporário de trabalho

Como morar nos EUA trabalhando? Este visto lhe dá a possibilidade de trabalhar por 6 meses, podendo ser estendido a até 3 anos.

O legal dele é que durante a sua estadia você tem a possibilidade de aplicar para vistos que te deixem fixar residência nos EUA, você recebe o importantíssimo Social Security do empregador, que seria um “CPF” americano e que facilitará muito sua vida aqui.

Este visto é comumente emitido por estações de esqui, resorts e até mesmo pela Disney para vagas de trabalho temporários, existem diversas agências no Brasil que realizam todo este processo de intercâmbio, porém não se anime com os salários, o maior ganho será da experiência, vivência da cultura e prática do inglês.

 

H1B ou visto de trabalho especializado

Esse visto é para aqueles que já têm ou buscam por uma proposta de emprego nos Estados Unidos. Esses indivíduos devem ter formação universitária ou experiência no ramo equivalente a um bacharel (isto é: a cada 3 anos de atuação equivale a um ano de estudo em uma universidade).

Caso a pessoa tenha experiência e a graduação, isso faz com que hajam ainda mais chances de se conseguir.

Esse visto é atado ao empregador, ou seja, você terá a permissão para morar nos EUA por três anos e pode ser renovado apenas uma vez, caso deseje utilizar esse visto novamente, é necessário passar ao menos um ano fora dos EUA.

Outro ponto muito importante é a comprovada proficiência na língua inglesa.

Mas ainda não é tão simples, o empregador ainda deve comprovar que não existe um cidadão ou residente legal dos Estados Unidos capacitado e interessado a desempenhar essa função. Sendo assim, é necessário haver a publicação em meios de comunicação públicos da oportunidade demonstrando as qualificações necessárias para preencher aquela vaga.

No caso de não comparecimento dos interessados, essa vaga pode sim ser disponibilizada para estrangeiros.

Esse é um processo complexo para quem deseja entender como morar nos EUA, são necessários diversos documentos, traduções, dentre outros procedimentos que serão fundamentais para ser selecionado dentre as 85 mil vagas disponibilizadas anualmente.

Esse é o visto ideal para quem quer morar e trabalhar junto aos americanos, contudo, ele é bem difícil de conseguir. Isto porque a empresa que te contratar deve provar que nenhum americano pode desempenhar aquela função. Com o tempo, o visto H1B pode resultar em residência e ao Green Card caso seu empregador peticione em seu favor.

 

Vistos EB1 e EB2

Esse visto é destinado aquelas pessoas com talentos especiais. Sim, existe uma previsão de visto para esses indivíduos!

No primeiro caso (EB1) é destinado a artistas de forma geral; já para o visto EB2 é direcionado a profissionais que se destacam em sua área de atuação e podem ser médicos, farmacêuticos, administradores, etc.

Algo em comum entre esses dois casos é que os indivíduos devem ser habilitados e poder comprovar a sua experiência, além de ter contribuições e reconhecimentos pelos seus feitos e sua carreira.

O processo de obtenção desse visto é relativamente longo, podendo chegar a até 2 anos. Ademais, também existem outras variações desses vistos, ressaltando a necessidade de uma assessoria especializada. Nossos parceiros são renomados advogados de imigração, certificados e experientes na legislação americana e também podem lhe ajudar.  

 

Visto de negócios E2

Esse visto é especial para aqueles que querem descobrir como morar nos EUA e desenvolver um negócio nos EUA com investimentos de risco a partir de US $100 mil, contudo, tem um grande porém, somente serve para cidadãos que tem cidadania de algum país que mantém uma linha de negociação com os EUA.

Como o Brasil é cheio de descendentes de italianos e espanhóis, quem sabe você não se enquadra nesse cenário. Vale a pena pesquisar a fundo!

 

Visto EB5

Esse já é um visto específico para indivíduos que que desejam investir nos Estados Unidos, como dissemos, os americanos querem sim que novos indivíduos venham contribuir com a sua economia.

Apesar de parecer um atalho fácil, não é assim tão simples para realizar o sonho de como morar nos EUA! É necessário ter um valor de no mínimo US $ 500 mil para investir em um projeto nos chamados Centros Regionais.

O investimento em si deve ser “em risco” e realizado em uma entidade empresarial com fins lucrativos (uma alternativa aos Centros Regionais).

Vale uma ressalva aqui, a depender da área que você invista o valor mínimo já passa a ser US $ 1 milhão, ademais, independente de onde, deve criar 10 empregos em tempo integral (de modo direto, indireto ou induzido) por, no mínimo, 2 anos.

Existem 10 mil vagas para aplicação desse visto, mas, por motivos claros, esse valor nunca foi completamente preenchido.

Para aqueles que estão mais interessados no visto e não necessariamente na rentabilidade do seu investimento, os Centro Regionais podem ser uma opção mais simples para se conseguir a residência permanente e morar nos EUA.

 

TUDO PRONTO PARA APRENDER COMO MORAR NOS EUA

Entendeu os passos necessários para que você consiga se mudar para os EUA? Você ainda pode contar conosco e nossos advogados de imigração parceiros para te auxiliar durante todo o processo de como morar nos EUA! Somos especializados em auxiliar brasileiros a alcançar os seus sonhos sem enrolação e com toda a transparência!

Fale conosco, tire suas dúvidas e agilize o seu processo de mudança.